Na manhã desta segunda-feira, 13, o Conselho Regional de Educação Física da 8ª Região (CREF8) em parceria com o Procon-AM, a Secretaria Municipal de Finanças (Semef), o Instituto Municipal de Planejamento Urbano (Implurb) e a Delegacia do Consumidor (Decom), realizaram uma ação de orientação e fiscalização em academias que funcionavam de maneira irregular, em Manaus.

Diariamente o CREF8 realiza ações neste sentido, pois essa é uma das principais funções da instituição. Somente neste ano, já foram realizadas 140 fiscalizações em academias. Destas, 114 foram autuadas porque estavam irregulares.

Hoje a academia Fit Club, localizada na Rua Ramos D, 146, no Amazonino Mesndes, Zona Leste da cidade, foi interditada. O estabelecimento funcionava desde 2011 sem alvará e todos os outros requisitos necessários para uma empresa deste ramo atuar, inclusive a regulamentação perante o CREF8.

“Essa academia foi autuada em junho, outubro e dezembro do ano passado por nossos agentes de fiscalização. Hoje, durante a blitz, ficou constatado que não possuía alvará, além de apresentar outras irregularidades como ausência do Código de Defesa do Consumidor, a placa com o número do Procon visível e o único extintor de incêndio do lugar ainda estava vencido. O conselho não tem por objetivo principal fechar academias de educação física, mas como o órgão preza pelo bom desempenho do profissional e pela segurança da população, existem situações extremas”, explanou o professor João Granjeiro, responsável pelas ações de fiscalização.

A academia Yezza Fitness, localizada no conjunto jardim Paulista, no Aleixo, Zona Centro-Sul da cidade também foi inspecionada. O lugar funciona a menos de um ano e ainda está irregular, mas como apresentou alguma documentação necessária, a academia foi autuada e terá um prazo de dois dias para se regulamentar perante o Implurb. Em sequência, os proprietários poderão registrá-la junto ao CREF8.

Em 2015, o CREF8 realizou 576 autuações de irregularidades em Manaus e 115 no interior do Estado. Os números abrangem situações que envolvem academias e profissionais da área. Para denunciar o exercício ilegal da profissão, você pode entrar no www.cref8.org.br ou ligar no (92) 3234-8234. O denunciante terá sua identidade preservada.