Duas academias de Rio Branco, no Acre, foram interditadas na primeira fase da operação ‘Saúde Segura’, realizada pelo Conselho Regional de Educação Física da 8ª Região (CREF8) em parceria com o Órgão de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon), Vigilância Sanitária (Visa) e Corpo de Bombeiros.

Criada para identificar irregularidades no funcionamento de espaços que oferecem serviços de atividades físicas e desportivas, a fiscalização avaliou questões como segurança dos aparelhos, alvará de funcionamento, e o registro da academia e de seus profissionais junto ao conselho.

Entre os estabelecimentos lacrados na operação, a academia ‘2R Treinamento Funcional’, localizada na Travessa Roraima, no bairro Capoeira, apresentava diversas infrações. No local, não havia profissionais formados em educação física e habilitados para atuar na orientação dos usuários.

Ao todo, 39 academias foram fiscalizadas. De acordo com o coordenador da seccional Acre, Francisco Castro, será dado prosseguimento a operação ‘Saúde Segura’ a partir da próxima semana.

“Encerramos na última terça-feira (15) a primeira fase da operação. Tomamos conhecimentos de alguns estabelecimentos novos que ainda precisam ser fiscalizados e orientados. Esperamos visitar mais 19 academias e dar continuidade a esse trabalho em prol da segurança da população”, afirmou.

Ainda segundo Castro, a ação também tem o objetivo  de analisar se as informações prestadas aos consumidores são corretas e claras sobre o exercício profissional de professores e estagiários, que devem estar identificados com uniformes em cores diferentes. “Além de fiscalizar, orientamos os proprietários dos espaços a se ajustarem às normas e damos prazo para regularização”, completou.

IMG_5890