CREF8 e Vigilância Sanitária interditam academias em ação conjunta na capital

//CREF8 e Vigilância Sanitária interditam academias em ação conjunta na capital

CREF8 e Vigilância Sanitária interditam academias em ação conjunta na capital

Desde a última segunda-feira (25), o Conselho Regional de Educação Física da 8ª Região (CREF8), realiza, em parceria com a Vigilância Sanitária (VISA-Manaus), ações de orientação e fiscalização em estabelecimentos situados na cidade de Manaus. Somente no primeiro dia, duas academias foram interditadas por não possuírem profissionais habilitados no Conselho.

As ações foram realizadas em quatro estabelecimentos dos bairros Cidade de Deus, Zumbi e Grande Vitória, zonas Norte e Leste. As academias Planeta Corpo e Sales foram interditadas. Segundo o fiscal da VISA Manaus, Ray Siqueira, foram encontradas academias em situações precárias.

Além da falta de licença sanitária, encontramos péssimas condições. Os estabelecimentos foram autuados e receberam o prazo de trinta dias para o reparo das não conformidades. Se não forem cumpridas as exigências, interditaremos”, enfatizou.

Durante as visitas, também foram encontrados equipamentos enferrujados, falta de hipermebealização de banheiros, ausência de cronograma de limpeza de ar condicionados e de caixa d’água, além da falta do laudo de potabilidade de água.

A operação conjunta com a Vigilância Sanitária segue até sexta-feira (29). Além disso, um cronograma intenso de fiscalização em academias será cumprido até o final do ano, em parceria com a Polícia Civil (DECON) e outros órgãos que serão convocados pelo CREF8.
“Nessa primeira parte do cronograma de fiscalização e orientação, nosso objetivo foi o combate ao exercício ilegal da profissão, além vistoriar as estruturas oferecidas pelos estabelecimentos”, destacou o presidente do CREF8, Jean Carlo Azevedo.

Somente neste ano, cerca de 50 denúncias já foram atendidas pelo Conselho. Ausência de profissional de educação física formado, estagiários orientando alunos, falta de registro de pessoa jurídica e falta de fardamento adequado são algumas das principais irregularidades encontradas.

2018-09-19T19:57:14+00:00junho 29, 2018|Notícias|0 Comentários

Deixar Um Comentário