Denúncias de exercício ilegal da profissão

Denúncias de exercício ilegal da profissão

Na tarde desta terça-feira, dia 6 de fevereiro, uma mensagem enviada ao celular do setor de fiscalização do Conselho Regional de Educação Física da 8ª Região (CREF8), cujo número é (92) 98445-4279, levou a equipe de orientação e fiscalização à academia Sel Fit, localizada na Avenida João Valério, no Bairro Nossa Senhora das Graças, para apurar denúncia de exercício ilegal da profissão. Vale ressaltar que o artigo 47, da Lei das contravenções penais prevê prisão de até 3 meses para quem “exercer profissão ou atividade econômica remunerada ou anunciar que a exerce, sem preencher as condições a que por lei está subordinado seu exercício”.

A denúncia relatava que Driel Macedo de Araújo exercia ilegalmente a atividade de personal trainer. “Não foi a primeira vez que denunciaram o rapaz. Já nos haviam apresentados outros indícios de que ele exerce a atividade de professor ilegalmente”, comentou o agente de fiscalização do CREF8, João Granjeiro.

Atualmente nas redes sociais o suspeito se apresenta como bacharel de Educação Física, atleta de fisiculturismo e garoto propaganda, mas nem sempre foi assim. Os fiscais do Conselho Regional de Educação Física apresentaram cópias de postagens que o suspeito fez se declarando professor de Educação Física.

As equipes de fiscalização do CREF8 e do Ciops (que também havia sido acionada para averiguar a denúncia) convidaram o rapaz ao 12º Distrito Integrado de Polícia, onde foi lavrado um Termo Circunstancial de Ocorrência e um boletim de ocorrência. No próximo dia 22 ele deve retornar ao DIP para prestar esclarecimentos.

Na ocasião, Driel não apresentou nenhum documento que comprovasse o que ele cursa o quarto período de Educação Física. Ele alega que estava fazendo estágio, mas segundo a profissional de educação física, Meyciane Costa – CREF 4521-6 AM- que seria a sua tutora, o suspeito geralmente atua na academia sem a sua supervisão. Meyciane foi autuada e pode responder processo ético administrativo no Conselho Regional de Educação Física porque assumiu a responsabilidade técnica do suposto estudante – visto que no boletim de ocorrência a profissão que Driel registrou foi técnico em mecânica – e afirmou para os agentes do CREF8 que não supervisionava os treinos que ele ministrava.

O presidente do Conselho Regional de Educação Física da 8ª Região (CREF8), Jean Carlo Azevedo, alerta que qualquer cidadão pode denunciar o exercício ilegal da profissão. Ele destaca o número de celular (92) 98445-4279, mas lembra que as denúncias também podem ser feitas pelo email fiscalização@cref8.org.br e pelo número 3234-8234. “Estamos fazendo o nosso trabalho e sempre estaremos dispostos e averiguar as denúncias, esclarecer os fatos e, se preciso, punir os culpados”, declarou Azevedo.

2018-09-19T20:04:34+00:00fevereiro 7, 2018|Notícias|0 Comentários

Deixar Um Comentário